Investimento
Promotores defendem a manutenção do regime Golden Visa
O programa Golden Visa «foi e é essencial à captação de investimento internacional ao nosso país. Em especial num momento de retoma da economia», afirmou Hugo Santos Ferreira, Vice-Presidente Executivo da APPII.
capa golden visa.png

Também Carlos Vasconcellos Cruz, Executive Chairman Quantico, reconhece que «o programa Golden Visa teve um impacto muito grande na captação de investimento», sobretudo porque permitiu «atrair uma série de investidores de países que até aí não tinham relações muito diretas com Portugal». A ideia de pôr termo ao programa que captou mais de cinco mil milhões de euros em investimento desagrada-lhe por completo. Não obstante, Carlos Vasconcellos reconhece que há outros fatores distintivos do destino Portugal como destino de investimento. E relembra o caso do Porto que «praticamente não tem Golden Visa, tem um número muito limitado e, no entanto, atrai um número cada vez maior de investimentos».

Golden Visa colocou Portugal na rota do investimento

De uma forma generalizada, o anúncio, no início deste ano, da aprovação de uma autorização legislativa que prevê a alteração do regime dos Golden Visa, favorecendo o interior em detrimento de Lisboa e Porto, preocupa o setor imobiliário. Na opinião de Paulo Núncio, Sócio da Morais Leitão, esta alteração pode representar «um problema» e que «na prática pode implicar o fim do regime».

Para avançar com uma alteração desta natureza Francisco Pereira Miguel, Marketing and Sales Director Level Constellation, considera que «precisamos que o interior seja tão atrativo como as principais cidades». De outra forma «estamos a empobrecer e a prejudicar gravemente esta indústria e a economia nacional», rematou Pedro Vicente, Board Member Habitat Invest Portugal.

José Cardoso Botelho, CEO Vanguard Properties, relembra que «Portugal não está sozinho no mundo. Há muito países que têm programas parecidos, com outros nomes, mas que no fundo são a mesma coisa e que estão muito ativos e a olhar para Portugal». E alerta que «países com a Espanha, a Grécia ou Itália, entre outros, estão a olhar Portugal com muita atenção e, eventualmente, a propor soluções que visem desviar os investidores de Portugal para esses países».

Saiba mais sobre a I Conferência da Promoção Imobiliária em Portugal.