Investimento
Redução dos custos de contexto é essencial para a retoma do mercado
A redução dos custos de contexto da atividade imobiliária é um dos principais pedidos do setor, especialmente em tempo de pandemia. É este um dos principais motes do Programa Relançar, criado pela APPII.
Vídeo 04_04 Set_2a sessao_14.png

Este programa pretende «dar uma nova visão do imobiliário enquanto setor estratégico, pedindo maior cooperação entre setor público e privado na recuperação da economia», descreve Hugo Santos Ferreira, Vice-Presidente Executivo da APPII. Foi discutido durante a Conferência da Promoção Imobiliária.

Para o professor Augusto Mateus, da EY Parthenon, para reduzir estes custos há que pensar no ciclo de vida longo do imobiliário, e na qualidade de vida. «O imobiliário tem de estar no coração de um verdadeiro plano de recuperação económica depois da crise».  Considera que «temos de resolver os custos de contexto criando um contexto mais favorável ao investimento, com regras, excelência e inovação».

Ficou claro neste debate que a construção de habitação para a classe média é um dos objetivos do mercado. A redução do IVA para 6%, ou a sua dedutibilidade, neste tipo de construção nova é um dos principais pedidos para este efeito. Os players do setor reconhecem também que a atração de investimento é hoje feita com muito mais concorrência, pelo que o país tem de manter a sua atratividade. 

Duarte Ferrera dos Santos, Business Development Director da Bondstone, Luís Gamboa, COO da VIC Properties; Nicolas Goffin, Head of Portugal da Besix RED, e Miguel Cabrita Matias, Investment Board Member da Mexto, participaram neste debate.

Saiba mais sobre a I Conferência da Promoção Imobiliária em Portugal.

Assista à sessão completa