Habitação
46.340 novas casas entraram em licenciamento em 2020
Trata-se de uma descida de 2% face ao número de fogos em licenciamento em 2019, revela a Confidencial Imobiliário.
25/02/2021
habitação casas sala arrendamento.jpg

No ano passado, foram submetidos a processo de licenciamento 19.955 novos projetos de habitação em Portugal Continental, num total de 46.340 fogos.

De acordo com os números do Pipeline Imobiliário, apurado pela Confidencial Imobiliário, com base nos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE, este pipeline representa uma descida de 2% em número de fogos e uma subida de 5% no número de projetos, face ao pipeline registado em 2019.

80% desta carteira diz respeito a projetos de construção nova, tipo de obra que representa 16.035 projetos e 37.410 fogos. Os restantes 20% dizem respeito a intervenções de reabilitação, 3.920 projetos e 8.930 fogos. Os pipelines mantiveram-se semelhantes aos do ano anterior.

Segundo a Ci, Lisboa e Porto continuaram a ser os principais alvos do investimento em nova promoção residencial. A capital contabilizou em 2020 um pipeline de cerca de 400 novos projetos, num total de 3.700 fogos, menos 16% (número de fogos) que em 2018. Já na Invicta, a carteira ascendeu a 480 projetos e 3.350 fogos, menos 17% que em 2019.

Destaque também para Matosinhos e Vila Nova de Gaia, que se afirmam enquanto destinos da nova promoção imobiliária residencial em 2020, com pipelines em torno dos 1.650 fogos, ou para Braga e Cascais, com cerca de 1.200 fogos, e ainda Vila Nova de Famalicão, com 1.030 fogos.

Fonte: Vida Imobiliária