Construção
Número de fogos licenciados em construções novas sobe 5%
Até maio, o valor mediano da avaliação da habitação para efeitos de concessão de crédito registou uma variação de 13,9%.
22/07/2022
construção

Nos primeiros cinco meses de 2022, assistiu-se a um acréscimo de 5% no número de fogos licenciados em construções novas, em termos homólogos, o equivalente a 13.293 fogos licenciados.

As licenças para obras de construção nova ou de reabilitação em edifícios residenciais, emitidas pelas Câmaras Municipais, apresentam um ligeiro acréscimo de 0,6%, face a período homólogo, como revela a Síntese Estatística da Habitação, elaborada pela AICCOPN.

No que diz respeito à concessão de novos créditos à habitação pelas instituições financeiras, de janeiro a maio, verificou-se um crescimento de 19% face ao mesmo período do ano passado, totalizando 6.998 milhões de euros. O consumo de cimento no mercado nacional teve um acréscimo de 3,8% em termos homólogos. Já o consumo de cimento no mercado nacional teve um acréscimo de 4,3% em termos homólogos, atingindo 1.658 milhares de toneladas, valor que corresponde a um aumento de 0,5 pontos percentuais face à variação homóloga acumulada verificada no mês de abril

O valor mediano da avaliação da habitação para efeitos de concessão de crédito apresentou no quinto mês do ano, uma variação de 13,9%, a qual resulta de variações de 15,3% nos apartamentos e de 9,1% nas moradias.

Alentejo

No Alentejo, de frisar o número de fogos licenciados em construções novas, que, nos doze meses terminados em maio de 2022, foi de 1.174, o que equivale a um aumento de 16,6% comparativamente aos 1.007 alojamentos licenciados nos doze meses anteriores. O valor de avaliação bancária na habitação, nesta região, registou uma variação homóloga de 9,3% em maio.